07/06/2016

Do momento em que te apercebes que és valioso



Estou de férias. Estou em descanso. Têm sido tempos intensos de algumas mudanças que me levam quase em exclusivo para outras paragens. O cansaço obriga-me a que, neste intervalo, me reduza ao mais básico que é ver o vazio e ouvir o silêncio. Às vezes preciso para reestruturar e reparar energias. Isto é tremendamente positivo para mim porque representa a importação do fenómeno de reset que qualquer máquina avançada nos dias de hoje tem.

Aproxima-se uma mudança grande para mim. Deixarei de colaborar num serviço com o qual colaborei mais de dez anos e ao qual me vinculei mais do que aquilo que julgava. Não só às pessoas mas também aos métodos. Percebo, no anunciar da transferência, para aqueles que confiam em mim, que lhes sou muito valioso, e que a eminência da perda assusta (aos dois lados) como se estivesse a ser defraudado um investimento cúmplice é genuíno. Na verdade achei que fosse mais simples: detectei um problema, tentei encontrar uma solução, encontrei, comuniquei e agora tenho que gerir... gerir...gerir.
 
Quando o processo psicoterapêutico é o contexto do conflito, a sensibilidade no tratamento da mudança e potencial ruptura tem que ser ainda mais apurada. Transformar a crise em processo construtivo e oportunidade de evolução é o segredo e sinto que, com cada um, esse contexto foi estabelecido. Agora é só integrar e crescer para a nova etapa. Juntos, se possível, até porque a novidade boa é que há continuação...
Estou com muita expectativa para o que aí vem, num novo espaço, uma nova fase, mas a mesma pessoa como sempre me conheceram.
 
Continuarei, através da consulta psicológica, a contribuir para o crescimento dos que me procuram. Procurem-me que logo me encontrarão!

Até breve Utopia.
TP
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© TIAGUTOPIA. All rights reserved.